Boa Voz de Tiple, Sciencia de Música e Prendas de Acompanhamento. O Real Seminário da Patriacal, 1713-1834

Boa Voz de Tiple, Sciencia de Música e Prendas de Acompanhamento. O Real Seminário da Patriacal, 1713-1834

Cristina Fernandes

Biblioteca Nacional

2013

155

Mole

Português

9789725655023

5 dias


Versão ebook 7,00 €

A obra traça a história do Real Seminário de Música da Patriarcal, estabelecimento especializado no ensino da música, criado por D. João V, em 1713, seguindo a tradição das escolas que há vários séculos formavam os meninos de coro das grandes catedrais e das capelas de Corte europeias. O Seminário da Patriarcal, que só foi encerrado em 1834, na sequência da extinção das ordens religiosas, é a mais importante escola de música em Portugal antes da criação do Conservatório, em 1835, tendo sido responsável pela formação dos mais importantes compositores portugueses setecentistas.

«Boa voz de tiple» (ou soprano) era um dos requisitos essenciais exigidos aos candidatos a alunos internos do Real Seminário de Música da Patriarcal. Ao terminar os estudos, os alunos deveriam ter adquirido a «sciencia de música», incluindo o domínio do contraponto e da composição, e «prendas de acompanhamento», ou seja, competências de elevado nível na arte da realização do baixo contínuo, da arte de acompanhar e da improvisação.

Além de capítulos dedicados à história da instituição, à administração e ao sistema de ensino, a obra fornece uma panorâmica dos principais mestres e alunos, bem como dos manuais didácticos, métodos e repertórios utilizados.

A publicação inclui ainda o fac-símile dos Estatutos do Seminário da Santa Igreja da Patriarcal, de 1764, cujo manuscrito se encontra na Biblioteca Nacional de Portugal (CÓD. 3693), e é uma edição conjunta da BNP e do Instituto de Etnomusicologia - Centro de Estudos de Música e Dança da Universidade Nova de Lisboa (INET-MD).
Índice não disponível.
Este título pertence ao(s) assunto(s) indicados(s). Para ver outros títulos clique no assunto desejado.